Início Instituição Equipa Consultas Localização Minha Cirurgia Reuniões Científicas Media Links FAQS
 Início Media

- 2005 – 3 notícias

- 2004 – 4 notícias

- 2003 – 2 notícias

- 2002 – 1 notícias

- 2000 – 13 notícias

- 1999 – 8 notícias

- 1998 – 15 notícias

- 1997 – 15 notícias

- 1995 – 2 notícias

- 1994 – 2 notícias

- 1993 – 1 notícias

- 1992 – 13 notícias

- 1990 – 3 notícias

- 1989 – 4 notícias

- 1988 – 2 notícias

- 1987 – 1 notícias

- 1986 – 2 notícias

Jornal DIÁRIO DE NOTÍCIAS, 15 Janeiro 2000
Clonagem de um macaco pode ser indício preocupante? Abel Nascimento – Prof. de ortopedia e cirurgião : Se a ciência for utilizada no bom sentido, em vez de imaginarmos exércitos com soldados clonados, como na ficção científica, podemos pensar nesses macacos, devidamente preparados do ponto de vista imunológico, como dadores de órgãos. Além disso, ao contrário do que sucede com o cão ou o rato, é mais fácil estudar doenças dos humanos num primata.

JORNAL DE NOTÍCIAS, 15 Janeiro 2000
Em Lyon (França), primeiro transplante bilateral de duas mãos e antebraços. (…) Abel Nascimento, especialista em cirurgia da mão nos HUC, sublinhou a importância do transplante bilateral de duas mãos e antebraços efectuado em França, que ocorreu um ano depois de uma equipa ter transplantado um braço, à semelhança do que sucedera também em Setembro de 1998. Contactado pelo Diário de Coimbra, Abel Nascimento esclareceu que, de um modo geral, a diferença entre os transplantes e os reimplantes – técnica que o médico de Coimbra executa com sucesso desde 1983 – reside no facto de no caso dos transplantes ser necessário um acompanhamento medicamentoso, a fim de se prevenir a rejeição do órgão.

Jornal DIÁRIO de COIMBRA, 2 Abril 2000
HUC vão efectuar operação pela quarta vez – Bombeiro tetraplégico “renasce” em Coimbra. Um antigo bombeiro de Oliveira do Hospital, que se encontra tetraplégico de um acidente há seis anos ao serviço da corporação, vai ser submetido no próximo sábado a uma intervenção cirúrgica inovadora em Coimbra, que lhe poderá devolver alguns movimentos da Mão.

Jornal DIÁRIO as BEIRAS, 3 Abril 2000
Oliveira do Hospital: ex-bombeiro pode recuperar movimentos na mão direita. “Vai ser como nascer outra vez”, comenta esperançado António Guilherme, um antigo bombeiro de Oliveira do Hospital que se encontra tetraplégico de um acidente há seis anos ao serviço da corporação. Uma equipa liderada por Abel Nascimento, dos HUC, vai submeter António Guilherme a uma cirurgia para a implantação de eléctrodos no corpo, utilizando uma técnica até agora apenas adoptada por este especialista e colegas dos EUA e Inglaterra. Será a quarta operação deste tipo a efectuar em Portugal.

Jornal PÚBLICO, 8 Abril 2000
Portugal foi o segundo país da União Europeia, a seguir ao Reino Unido, a realizar a FHNC, uma intervenção da qual apenas beneficiaram algumas dezenas de pessoas no mundo (…) “Nunca serão pianistas, mas poderão escrever, comer, pentear-se, lavar os dentes sozinhos,…”, explica Abel Nascimento, o cirurgião responsável pelo serviço de Ortotraumatologia dos HUC e um dos dois médicos seleccionados, há três anos, nos Estados Unidos, para introduzir esta técnica cirúrgica na Europa. Só quem esteve privado de mover a mão é que pode avaliar o que a recuperação dessa faculdade, em termos de qualidade de vida, pode significar (Álvaro Vieira).

Jornal DIÁRIO de COIMBRA, 10 Abril 2000
Equipa de Abel Nascimento vai operar. Intervenção cirúrgica “devolve” a mão a bombeiro tetraplégico. Um antigo bombeiro de Oliveira do Hospital, que se encontra tetraplégico de um acidente há seis anos ao serviço da corporação, vai ser submetido hoje a uma intervenção cirúrgica inovadora em Coimbra, que lhe poderá devolver alguns movimentos da mão.

Jornal DIÁRIO as BEIRAS, 10 Abril 2000
Nove horas na sala de operações. Equipa, liderada por Abel Nascimento, confia no sucesso da intervenção. Mais de nove horas foi o tempo que a equipa de Abel Nascimento demorou a operar António Guilherme. Um tetraplégico de Oliveira do Hospital que, dentro de três ou quatro meses, poderá movimentar a mão e alcançar a independência que tanto deseja (Eduarda Macário).

JORNAL DE NOTÍCIAS, 10 Abril 2000
Técnica inovadora devolve vida à mão. Hospitais de Coimbra avançarão em breve para a recuperação dos movimentos das pernas. Abel Nascimento,director do serviço de Ortotraumatologia dos HUC, realizou com sucesso a sua quarta intervenção em doentes tetraplégicos. Desta vez, coube a António Guilherme, um ex-bombeiro de Oliveira do Hospital,que ficou paralítico na sequência de um acidente ao serviço da corporação de voluntários, submeter-se áquela técnica inovadora, que lhe vai permitir recuperar o movimento da mão (Clara Vasconcelos).

Jornal CORREIO da MANHÃ, 16 Abril 2000
Cirurgia “devolve” mão a tetraplégicos. Portugal na frente. O cirurgião e ortopedista Abel Nascimento coordena a equipa que aplica o sistema electrónico “Mão Livre”. (…) Ombro contrário dá as “ordens”. A técnica consiste na aplicação de oito eléctrodos em vários músculos da mão e do antebraço, na introdução de um emissor/receptor na parte superior do tórax, ligado por cabos aos eléctrodos, e na realização de várias transferências tendinosas ao nível do antebraço e de transferências musculares ao nível do ombro e braço. (João Paulo Silva).

Jornal DIÁRIO as BEIRAS, 18 Abril 2000
Equipa de Abel Nascimento voltou a operar com o sistema “Mão Livre” – Cirurgia “devolve” mão a bombeiro tetraplégico.

Jornal DIÁRIO as BEIRAS, 28 Abril 2000
Intervenção pode começar a ser realizada dentro de dois anos. Cirurgião dos HUC preparado para pôr paraplégicos a andar.

Jornal EL CORREO GALLEGO, 7 Outubro 2000
Un médico luso expondrá los últimos avances en electroestimulación en conxo. Nuevas técnicas de la cirugía plástica podrían dar movilidad a la mano paralítica. Dos operaciones de nariz en directo abrirán esta mañana la XVI reunión de la Sociedad Gallega de Cirugía Plástica reparadora y Estética, que da cita en Santiago a profesionales de recoocido prestigio. Entre ellos, el profesor Abel Queirós, que presentará nuevas técnicas de electroestimulación de mano en tetrapléjicos. (Iolanda Casal).

Jornal EL CORREO GALLEGO, 8 Outubro 2000
Un cirujano luso presentó el “FreeHand ystem” en Santiago. Recuperar la movilidad de la mano en tetrapléjicos ya es una realidad. Que un tetrapléjico se peine y escriba algo de su puño y letra ya es posible. Los últimos avances en microcirugía abren una puerta a la esperanza a quienes hayan sufrido lesiones entre la sexta y la cuarta cervical. El doctor nascimento explicó oyer los pasos a seguir en la Reunión de la Sociedad Gallega de Cirugía Plástica. (Iolanda Casal).