Início Instituição Equipa Consultas Localização Minha Cirurgia Reuniões Científicas Media Links FAQS
 Início Media

- 2005 – 3 notícias

- 2004 – 4 notícias

- 2003 – 2 notícias

- 2002 – 1 notícias

- 2000 – 13 notícias

- 1999 – 8 notícias

- 1998 – 15 notícias

- 1997 – 15 notícias

- 1995 – 2 notícias

- 1994 – 2 notícias

- 1993 – 1 notícias

- 1992 – 13 notícias

- 1990 – 3 notícias

- 1989 – 4 notícias

- 1988 – 2 notícias

- 1987 – 1 notícias

- 1986 – 2 notícias

Jornal DIÁRIO as BEIRAS, 20 Abril 1998
Abel Nascimento efectuou duas intervenções sucessivas. Longa cirurgia para reimplantar mãos. A necessidade de efectuar duas reimplantações da mão consecutivas, em dois pacientes, nos HUC, obrigou a intervenções cirúrgicas consecutivas, que duraram mais de 15 horas. As intervenções foram efectuadas por Abel Nascimento, responsável da Unidade de Cirurgia da Mão/Microcirurgia do Serviço de ortopedia os HUC. As intervenções, que decorreram durante a tarde e noite de sexta-feira e manhã de sábado, consubstanciaram-se na reimplantação total de duas mãos direitas, a um homem de 40 anos e a uma mulher de 50, que tinham sofrido acidentes de trabalho. E se a cirurgia da mão já é muito complexa, apesar de Abel Nascimento ser reconhecido internacionalmente pelos seus feitos como cirurgião da mão, área em que é especialista há mais de 15 anos, nestes casos a particularidade ficou a dever-se ao número de horas consecutivas que o professor, acompanhado da sua equipa, esteve a operar. (Dora Loureiro).

Jornal DIÁRIO de COIMBRA, 4 Junho 1998
Submetido a intervenção pioneira, jovem tetraplégico feliz por ter voltado a escrever. O primeiro cidadão português tetraplégico a ser submetido a uma intervenção para recuperação dos movimentos da mão, ganhou outra alma. Os HUC restituíram-lhe alguma da sua individualidade perdida há quatro anos num acidente e, hoje, escrever, comer e lavar-se sozinho são conquistas sem preço. O cirurgião Abel Nascimento e as técnicas Eunice Perez e Graça Guimarães – por eles passa parte do êxito na recuperação do António.

Jornal DIÁRIO as BEIRAS, 4 Junho 1998
Cirurgia pioneira um tetraplégico teve resultado “extraordinário”. Vida voltou às mãos. “Consigo escrever, era o que mais queria”. Tetraplégico há quatro anos, António recuperou alguns movimentos na mão, depois de submetido a uma operação pioneira em Portugal, realizada nos HUC. Movimetos que lhe devolveram a possibilidade de fazer gestos pequenos, mas grandes ao ponto de o jovem reconhecer que a sua vida “mudou bastante”. (Dora Loureiro).

Jornal DIÁRIO de NOTÍCIAS - MADEIRA, 13 Julho 1998
A esperança dos tetraplégicos – Abel Nascimento explica método inovador. O médico português responsável pela implantação em Portugal de um sistema revolucionário no tratamento de tetraplégicos esteve na Madeira. E contou ao DIÁRIO pormenores sobre um método cujo desenvolvimento já custou cerca de 200 milhões de contos.

Revista Selecções Reader’s Digest, Agosto 1998
Operação pioneira. Um tetraplégico de 22 anos foi submetido em Outubro último, nos HUC, a uma intervenção cirúrgica, pioneira no nosso país, que lhe permitirá de futuro, efectuar alguns movimentos com a mão, como pegar no telefone, num talher ou usar um computador. (…) O jovem foi submetido a esta intervenção de cerca de nove horas, chefiada pelo cirurgião Abel Nascimento, é de Penacova e sofreu um acidente de motorizada. Este jovem iniciou um programa de reabilitação com a duração de três a quatro meses, findo o qual estará apto a testar o sistema.

Jornal DIÁRIO de COIMBRA, 9 Outubro 1998
Nos HUC reimplantado um pé decepado. Nos HUC foi ontem efectuada a reimplantação de um pé numa jovem de 14 anos, natural de Amioso, Góis, conforme apurou o nosso jornal. Aquela jovem ficou com o pé decepado em consequência de um acidente, encontra-se em estado satisfatório, mas sob acentuada vigilância médica. A reimplantação foi efectuada por uma equipa, chefiada pelo dr. Abel Nascimento, ortopedista e microcirurgião, e decorreu desde a 1 hora da madrugada às 14 horas de ontem.

Jornal DIÁRIO de COIMBRA, 7 Novembro 1998
Segunda intervenção de um processo pioneiro. Esperança (re)nasce nos HUC para bombeiro tetraplégico. Há cerca de sete anos, um brutal acidente de motorizada atirou com o jovem Luís Lima, bombeiro voluntário na sua cidade natal, Sines, para uma dramática situação de completa dependência de terceiros. Tetraplégico, este bombeiro, actualmente com 30 anos, é sujeito hoje, a partir das 8h30, a uma intervenção cirúrgica nos Hospitais da Universidade de Coimbra que lhe poderá restituir alguma da autonomia perdida.

Jornal DIÁRIO as BEIRAS, 7 Novembro 1998
Cinco cirurgias previstas pelos HUC para 1999. Segunda intervenção a tetraplégico. Os HUC realizam hoje, pela segunda vez, uma intervenção que poderá permitir a um jovem tetraplégico movimentar uma das mãos. Realizada pela primeira vez, em Portugal, em Outubro do ano pasado, por uma equipa liderada pelo professor Abel Nascimento, a intervenção pioneira permitiu a implantação, com êxito, num jovem de 22 anos, de um estimulador que transmite impulsos eléctricos aos músculos da mão e antebraço. Um ano depois, o doente de S. Pedro de Alva, “está bem e consegue comer, telefonar, fazer a barba e escrever num computador”. (A.I.C.).

Jornal EXPRESSO, 7 Novembro 1998
Operação inédita – um jovem tetraplégico vai poder movimentar um braço para executar tarefas como comer, pentear-se ou digitar um teclado.

Jornal DIÁRIO de NOTÍCIAS, 7 Novembro 1998
“Software” liberta jovem tetraplégico. Hospitais da Universidade de Coimbra voltam a ser palco de nova intervenção cirúrgica “mãos livres” A esperança de autonomia de um tetraplégico natural de Sines dependerá, a partir de hoje, de um computador. O jovem, 30 anos, bombeiro voluntário, foi vítima de um acidente de viação, há quase sete anos, e só o sistema designado por “mãos livre” lhe poderá oferecer, segundo o cirurgião Abel Nascimento, “a possibilidade de voltar a escrever, comer, telefonar ou barbear-se sem a ajuda de terceiros”. (Paula Carmo).

Jornal 24 HORAS, 7 Novembro 1998
Operação em Coimbra para conquistar a independência. Bombeiro tetraplégico recebe “Kit mãos livres”. O segundo português a receber um implante electrónico, que permite a quem está paralisado mexer as mãos, vais ser operado, em Coimbra. Num país onde os direitos dos deficientes são ignorados, o “Kit” simboliza a independência que se julgava sem retorno (Isabel Nery).

Jornal 24 HORAS, 8 Novembro 1998
Operação bem sucedida. Foi ontem operado nos HUC, Luís Lima, o segundo português a receber o “kit mãos livres”. O sistema, ainda pouco conhecido a nível mundial, vai permitir a este tetraplégico, voltar a comer, sem precisar de ajuda e, talvez até, trabalhar.

Jornal DIÁRIO de COIMBRA, 8 Dezembro 1998
HUC deram sopro de esperança a bombeiro tetraplégico. “Esta já passou…” Depois de mais de dez horas sucessivas na sala de operações do Bloco Central dos HUC, o cirurgião Abel Nascimento (responsável pelo serviço de Ortotrauma dos HUC), apesar do visível cansaço, não escondia a satisfação por (mais) uma intervenção bem sucedida. Pela segunda vez na história da medicina portuguesa, um tetraplégico beneficiou de uma operação que lhe dará hipótese de mobilidade num dos membros superiores. Com um sorriso nos lábios, Abel Nascimento, já pelas 19 horas deu a boa nova aos pais de Luís Lima, que já (des)esperavam pelo resultado da operação: “correu tudo bem”.

Jornal 24 HORAS, 9 Novembro 1998
Sistema norte-americano aplicado em Coimbra Mão livre, vida nova para bombeiro tetraplégico. Aquilo que um acidente de moto tirou a um homem foi parcialmente restituído por uma equipa de médicos. Graças a um sistema inovador, o doente vai poder mexer uma mão até aqui imobilizada (Isabel Nery).

Jornal DIÁRIO as BEIRAS, 14 Dezembro 1998
Vários serviços hospitalares pioneiros no mundo. Especialistas de vanguarda. A Cirurgia Cardiotorácica, a Medicina da Reprodução, a Pediatria, a Oftalmologia, os Transplantes (renais e hepáticos), a Microcirurgia e a Telemedicina são algumas das áreas da saúde em que Coimbra tem revelado um nível de excelência, segundo a opinião de vários especialistas. Em alguns casos, assinalam mesmo o seu pioneirismo internacional, condição rara nas diversas actividades com base na cidade. (…) No serviço de Ortopedia dos HUC, Abel Nascimento, especialista em microcirurgia, tem-se reconhecido na aplicação a tetraplégicos do kit “mãos livres” (sistema computorizado), que lhes permite movimentar esta parte do corpo. Esta experiência, desenvolvida em conjunto com uma equipa internacional, tem permitido dotar de alguma autonomia pacientes que não conseguiam desenvolver qualquer movimento dos membros e mãos. (…).