Início Instituição Equipa Consultas Localização Minha Cirurgia Reuniões Científicas Media Links FAQS
 Início Áreas Cirúrgicas Investigação

 

Investigação

 

A cultura técnica, o desenvolvimento cirúrgico pluridisciplinar e a actuação em áreas tão diversas no ICR deveu-se à investigação anatómica e experimental animal efectuada nas décadas de 80 e 90, em Paris (França) e Portugal, do seu Director.

Foram efectuados estudos em cerca de trezentos cadáveres frescos, através de injecções selectivas dos vasos, músculos, nervos, plexo braquial, linfáticos, articulações e pele, para estandardização de retalhos vascularizados e estudos de novos retalhos (ex: retalho lateral do braço).



Estandardização do retalho lateral do braço

Aplicação do retalho lateral do braço

Estandardização do retalho antebraquial radial (chinês)



Aplicação clínica do retalho antebraquial
radial (retalho chinês)


Estandardização do retalho inguinal - aplicação
clínica em sequela do punho e mão


Estandardização do retalho interósseo dorsal - aplicação clínica
em esfacelo da 1ª comissura e esfacelo dorsal da mão


Investigação anatómica do latissimus dorsi, plexo cervical
superficial e acessório do nervo espinhal


Aplicação clínica do retalho grande dorsal (latissimus dorsi)


Investigação anatómica do plexo braquial

Aplicação clínica (cirurgia do plexo braquial)

Investigação anatómica do pé


Investigação anatómica do 2º dedo do pé

Investigação anatómica dos gémeos

 


Integradas na residência de cirurgia da mão em Paris (França) e Louisville (Estados Unidos da América), efectuou centenas de microcirurgias vasculares e nervosas (em rato e cão), culminando no trabalho de investigação da Mémoire de Assistente Estrangeiro - Knee allograft between Lewis and Wistar rats with or without cyclosporine (1983), para o estudo dos fenómenos de rejeição de tecidos.

Alotransplante do joelho vascularizado do rato (estirpes Lewis e Wistar) com imunossupressor (Ciclosporina A) (Paris, 1983)


Fístula arteriovenosa entre a artéria
e a veia femorais em ratos Wistar

Investigação experimental – moldes de resina sintética dos sistemas arterial(verde), venoso (azul) e linfático (vermelho), 12 dias após reimplantação do membro posterior

      
Investigação experimental – linfografia 3 dias após reimplantação do membro posterior com gelatina/sulfato de bário   Investigação experimental – molde de resina sintética de anastomose funcional linfovenosa, 12 dias após reimplantação do membro posterior (azul = veia, vermelho = linfático)

      
Investigação experimental – corte histológico de válvula linfática, 18 dias post-reimplantação (H.E.; 400X)   Investigação experimental – corte histológico de vaso linfático (5´-NASE positivo) e de artéria (5’-NASE negativo), 18 dias post-reimplantação (400 X)

 

 

Em 1994 defendeu o Doutoramento em Paris (França), com o trabalho "Reconstruction plastique du membre supérieur - investigation anatomique et application chirurgicale et Régénération lymphatique en réimplantations et lambeaux vascularisés dans la chirurgie expérimentale et clinique ", corolário da investigação atrás mencionada. Que consolidou e validou os procedimentos cirúrgicos da sua prática clínica. O modelo experimental animal escolhido foi o cão, tendo sido efectuadas 131 amputações/reimplantações dos membros posteriores para estudar a regeneração dos tecidos, nomeadamente a contribuição dos sistemas venoso e linfático na resolução do edema e reorganização tecidular. Este estudo permitiu recolher informações inéditas preciosas para a prática medico-cirúrgica em diversos campos da cirurgia reconstrutiva, tendo-lhe sido atribuído o grau de Doctor Communitatis Europeae e a medalha da Universidade René Descartes.

           
Investigação experimental – arteriografia 10 dias post-reimplantação   Investigação experimental – venografia 10 dias post-reimplantação   Investigação experimental – linfografia 20 dias post-reimplantação

 

Pertence ao grupo internacional de transplantes de múltiplos tecidos (transplante de mão de cadáver).